Blog

A felicidade está na capacidade que temos em apreciar os pequenos momentos. Estes acontecimentos são verdadeiramente mágicos se soubermos aproveitá-los. Porém, se não lhe dermos atenção, eles simplesmente desaparecem.

Acompanhar uma pessoa durante o processo de luto requer muita paciência, compreensão e algo de sabedoria. Cada pessoa tem o seu tempo e as sua maneiras de processar a dor.

O importante é apoia-la, e estar presente.

As fotografias são um excelente recurso para guardar recordações das nossas famílias e bons momentos vividos.

Uma boa forma de organiza-las, é colocá-las num álbum por datas.
Hoje em dia habituamos-mos a ter menos fotos impressas, mas de tempo a tempo, deveríamos imprimir algumas mais importantes.

Segundo alguns psicólogos, a gratidão ajuda as pessoas a ficarem menos ansiosas, depressivas e stressadas.

Esse sentimento também é associado à felicidade, ou seja, pessoas mais gratas também são mais felizes.

Não fique com palavras pendentes, não deixe de fazer aquilo que gosta, não pare de ser feliz. No fudo, todos nós sabemos que o nosso tempo é limitado. Por isso devemos viver como se fosse o último dia, disfrutando de tudo, honrando a nossa existência…

O arco-íris nem sempre aparece, aparece quando a chuva e o sol se encontram.
Assim como na vida, muitas vezes deparamos-mos com momentos difíceis, mas dentro de cada tempestade, há sempre um raio de sol.

Quando passamos por um mau momento, sermos solidários, permite-nos abrir os nossos corações para dar e receber amor.

As redes sociais, são cada vez mais utilizadas para divulgar homenagens, eventos, agradecimentos e
expressar condolências aos familiares.

É muito comum ver decoração floral em forma de coroas, palmas ou ramos a acompanhar o falecido.

Tudo começou na Idade Média, quando a morte era vista como um castigo, algo obscuro e a ser temido.